terça-feira, 16 de setembro de 2014

Eu não coloco


Meu eterno problema com as vírgulas me fez homenageá-las.


Eu não coloco

Ele diz que não me entende, pois não coloco a vírgula

Meus olhos refletidos no epelho, pois não coloco a vírgula

Sexta-feira tive um pesadelo, pois não coloco a vírgula

A árvore ocupou toda a calçada, pois não coloco a vírgula

Hoje ouvi Gita, pois não coloco a vírgula

Cabelo meio branco e meio preto, pois não coloco a vírgula

A velha chola passou por mim, pois não coloco a vírgula

Tem um gato morando no forro, pois não coloco a vírgula

Hoje vi uma parede de guitarras, pois não coloco a vírgula

O açúcar quente queimou meu pé, pois não coloco a vírgula

Eu vi você chorar, pois não coloco a vírgula

Um vaga-lume brilhou em cima de nossa cama, pois não coloco a vírgula

Conto mentiras a mim mesma, pois não coloco a vírgula

Os anos são como água de rio, pois não coloco a vírgula

Olhos de caramelo com corpo de torrone, pois não coloco a vírgula

Flores da escultura alagoana, pois não coloco a vírgula

Cicatriz na sua barriga, pois não coloco a vírgula

Reencontro, pois não coloco a vírgula

Meu shampoo acabou, pois não coloco a vírgula

Os pequenos feudos da psicologia, pois não coloco a vírgula

Em janeiro vamos em busca do ouro, pois não coloco a vírgula

Escrevo em meus pensamentos, pois não quero colocar vírgulas

16/10/2013
Londrina - Paraná










Nenhum comentário:

Postar um comentário